Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Dia Escolar da Não Violência e da Paz.

por alho_politicamente_incorreto, em 30.01.20

Se educar, apesar das dificuldades, é desafiador e aliciante, educar para a paz é ainda mais motivador.


As questões que usualmente se colocam — o que é a Paz; como integrá-la na comunidade escolar — são pertinentes mas de resposta difícil de construir, para crianças em idade pré-escolar, particularmente aquelas que viveram situações de conflito.

A Paz não é apenas a ausência de conflito, é muito mais do que isso; é sentirmo-nos bem connosco e com os outros. Saber de onde vimos e para onde vamos; perceber que a vida tem sentido; saber que o nosso lugar no mundo é único.

A educação em valores e para os valores desempenha um papel fundamental na Formação Pessoal e Social, devendo ser preponderante no processo educativo, “pois tem a ver com a forma como a criança se relaciona consigo própria, com os outros e com o mundo, num processo que implica o desenvolvimento de atitudes e valores” (in Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar, ME, 1997).

Nós, educadores, ao trabalharmos esta área, necessitamos de ter objetivos claros, utilizar métodos ativos assentes nas situações do dia a dia de modo a manter as seguintes atitudes:
• o estar atento;
• o estabelecer diálogos com as crianças sobre conflitos que possam surgir;
• o manifestar compreensão e respeito pelas crianças;
• o saber ouvir;
• o ter paciência;
• o ter bom humor;
• o criar um clima de segurança, afetividade, empatia, alegria, harmonia e Paz.

Na instituição onde trabalho já realizámos uma atividade que nos parece ir ao encontro dos pressupostos aqui enunciados. Tratou-se, pois, de um projeto de abordagem à interculturalidade cuja temática sobre a paz estava presente por ser inerente à dinâmica do tema. A frequência da instituição por crianças de diferentes proveniências, culturas e etnias foi propiciador e inspirador para a realização deste projeto pedagógico que desenvolvemos ao longo do ano letivo. Aqui deixamos, no entanto, a ideia de que quaisquer que sejam as circunstâncias e requisitos é sempre possível a abordagem deste tema. Lembremo-nos que temos sempre responsabilidade no modo com educamos as crianças. Se se sentirem amadas e respeitadas, terão atitudes semelhantes quando adultos.

Elsa Raposo

retirado daqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

PETIÇÃO - Descontos da ADSE devem passar de 14 para 12 meses.

Um escândalo pela sua imoralidade, que persiste apesar de todos os avisos e recomendações.

por alho_politicamente_incorreto, em 27.01.20

Para: Assembleia da República, Senhor Presidente da Assembleia da República,

Os beneficiários titulares da ADSE estão sujeitos ao pagamento do desconto para a ADSE de 3,5% sobre a sua remuneração base, pensão ou reforma, subsídio de férias e subsídio de Natal.

Em 2007, a taxa de desconto passou para 1,5% para os beneficiários titulares no ativo e 1% para os aposentados e reformados com pensão superior a 1,5 * RMMG (valor atualizado anualmente até perfazer 1,5%). Os descontos passaram nessa data a constituir receita própria da ADSE.


Em 2011, os descontos dos funcionários públicos para a ADSE passaram a incidir sobre os subsídios de férias e de Natal, ou seja, os descontos deixaram de incidir sobre 12 meses, e passaram a incidir sobre 14 meses.


Em 2013, a taxa de desconto passou para 2,25%, para todos os beneficiários titulares no ativo e para os aposentados e reformados com reforma superior ao valor da RMMG.


Em 2014, a taxa de desconto passa para 2,5% e posteriormente para 3,5%, para todos os beneficiários titulares no ativo e para os aposentados e reformados com reforma superior ao valor da RMMG.


O atual desconto mensal de 3,5% sobre a remuneração base, pensão ou reforma, subsídio de férias e de Natal, criado no tempo da Troika, efetivamente corresponde a uma taxa de 4,08% da remuneração base mensal bruta, o que se traduz numa despesa muito onerosa e injustificada para os seus beneficiários.

Em relatório de auditoria de 2019, o Tribunal de Contas defende que os funcionários públicos e pensionistas do Estado devem passar a descontar sobre 12 meses por ano para a ADSE e não sobre os atuais 14 meses, sendo certo que um ano tem 12 meses, e não existe qualquer justificação para a cobrança incidir sobre 14 meses.

Pelo exposto, e nos termos do número 1 do artigo 52 da Constituição da República Portuguesa, os peticionários solicitam que a Assembleia da República sujeite a votação petição, no sentido de, como é de justiça e de direito, os descontos sobre a ADSE passarem a incidir sobre 12 meses, e não sobre os 14 atualmente em vigor.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Google Tradutor


Repto


No meio da rua...


Alhadas passadas

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Assinantes de feed

ASSINE NOSSO FEED

Feed

Gadget by Feed Burner modificado por bloggerenciado

Links

Educação

Outros BLOGS

Recursos